10 passos para melhorar a sua divulgação pessoal

O marketing pessoal é uma das principais ferramentas que toda profissional autônoma e empreendedora deveria dominar e usar todos os dias. Porém, são poucas as que se sentem seguras e confiantes quando têm que se autopromover. Mais do que isso, tem clareza e direção do que fazer. Afinal, são tantas opções. Qual a mais adequada?

E como não sabem como definir, acabam fazendo de tudo um pouco. Nesse sentido, produzem conteúdo para as redes sociais, fazem lives, networking, pagam anúncios, fazem sites. Ou seja, não poupam esforços para fazer seu marketing pessoal para atrair clientes. Entretanto, nada ou muito pouco funciona. Os resultados não vem. E, se questionam: “o que tenho que saber para meu marketing funcionar?”

Você já viu esse filme?

Tem sucesso tem sabe fazer Marketing Pessoal

Infelizmente, eu vejo esse filme todos os dias. Profissionais incríveis com negócios maravilhosos mas que não conseguem fazer o seu marketing atrair os clientes certos. Definitivamente, sabe por quê? Muito simples. Em suma, falta direção e clareza do que fazer porque não há um planejamento estratégico para se autopromover. 

E qual é o grande erro

Assim, desde que iniciei minha carreira no mercado de comunicação e marketing, há 22 anos, já me envolvi com mais de 100 projetos de aumento de reputação e visibilidade de pessoas e marcas como ONU Mulher, Natura, HD Make Hair, Elegance, Governo do Estado do RS, entre outras.

Logo, posso dizer com convicção que a grande diferença de quem tem sucesso em atrair os clientes certos é ter estratégia. Entretanto, o grande erro é, na maioria das vezes, realizar ações de marketing pessoal sem definir as estratégias. Em suma, sair fazendo o que dizem quem funciona sem antes planejar. Ações de marketing pessoal sem estratégia fazem você ficar travada na carreira e nos negócios.

O que é Marketing Pessoal (e porque funciona para atrair clientes)

É uma ferramenta que visa promover a imagem pessoal para o sucesso no alcance de um determinado objetivo. Ou seja, para funcionar precisa de estratégias que vão conectar de forma inteligente ações, competências, características e habilidades pessoais e profissionais, que influenciam a forma como as outras pessoas olham para você. 

Em outras palavras, o marketing pessoal, quando utilizado de forma inteligente, ou seja, com gestão de marca pessoal e planejamento, funciona para atrair clientes porque:

  1. Ajuda a construir a sua imagem de forma consistente e coerente no mercado;
  2. Traz mais visibilidade no mercado, fazendo com que você seja uma profissional referência.
  3. Melhora e potencializa ações de networking e relacionamento.
  4. Vende você sem parecer que está vendendo. 

Enfim, ter um planejamento estratégico de marketing pessoal é que vai multiplicar o seu acesso aos clientes certos, mas obviamente, isso só é possível se você tiver um método eficiente para fazê-lo.

O que você não pode deixar de saber

Antes de tudo, eu levei 6 anos para descobrir que tinha criado um método que já fez várias das minhas clientes triplicarem os ganhos e dobrar o número de clientes ao ano. Contudo, foi focando no planejamento de marketing pessoal que em 2020, em pleno ano de pandemia, que uma das minhas mentoradas aumentou em mais de 80% o número de novos pacientes!

Como começar a fazer o seu planejamento?

Em síntese, esses são os 10 passos que você deve seguir para fazer o seu marketing pessoal funcionar e atrair os clientes certos:

  1. Ponto de Partida: analise a sua trajetória profissional e vida. O que funcionou e o que não funcionou? Quais são os eus pontos fortes e fracos? Além disso, o que você quer e o que não quer mais?
  2. Propósito: Por que você faz o que você faz? Por qual motivo você levanta da cama todas as manhãs? O que te faz brilhar os olhos?
  3. Valores: são as suas regras que definem o seu jeito de pensar e agir. Portanto, é muito importante ter clareza delas para construir um negócio autêntico e bem sucedido.
  4. Mercado: pesquise referências no mercado, concorrentes, aprenda sobre eles, busque entender o que você gosta e não gosta neles. Pergunta-se qual é o seu diferencial em relação a eles?
  5. Público-alvo: quem é o seu cliente mais desejado? Aquele que você gosta de servir. Aquele que você pode ajudar com o seu conhecimento.
  6. Posicionamento: como você quer ser lembrado pelo seu público. Qual espaço você ocupa na mente do seu cliente. 
  7. Defina metas: onde você quer chegar.
  8. Defina estratégias: como você vai fazer para atingir as metas. Quais serão os caminhos e planos que devem ser colocados em ação.
  9. Plano de Ação: as ações que devem ser realizadas com cronograma de execução.
  10.  Métricas de mensuração: defina e tenha claro o que tem que acontecer para você saber que está alcançando as suas metas.

Quer resultados? Comece já.

Agora você já sabe a importância do planejamento de marketing pessoal para atrair os clientes certos a decisão é sua! Logo, seguir desperdiçando o seu potencial, tempo e dinheiro fazendo lives e postando conteúdo sem estratégia. Ou se dedicar a construir um planejamento de marketing pessoal que leve aos clientes certos.

Assuma a sua grandeza

Atenção! De tudo que você leu aqui tem uma coisa que é essencial! Acima de tudo, assuma o crédito por aquilo que você faz. Logo, não fique escondendo os seus feitos. Bem como, não tem nada de vergonhoso contar uma vitória sua ou como o seu serviço está ajudando as outras pessoas. Portanto, não seja egoísta, se você não comunicar as suas realizações, como as pessoas vão saber que você pode ajudá-las?

E se precisar de ajuda…

Por fim, conta comigo. Afinal, eu criei um programa especialmente para quem quer fazer o seu marketing pessoal funcionar. Ou seja, a partir da construção da estratégia de sua marca pessoal você vai conseguir atrair os clientes ideais.

Conheça a minha metodologia ativação de marca pessoal